Alergia em Gatos. O que fazer?

O seu gato não para de se coçar?

Explore as causas comuns das alergias dos gatos e as diversas opções para controlar suas reações.

A alergia ocorre quando o sistema imunológico do seu gato reage a algo que geralmente é inofensivo. Os sintomas são normalmente associados a irritações na pele, que incluem coceiras, erupções e perda de pelo.

Tipos de alergias em gatos

A alergia mais comum em gatos é a alergia a pulgas. Mesmo que você não consiga vê-las em seu amigo felino, é bem possível que elas sejam as responsáveis por sua coceira. A saliva da pulga pode causar reações alérgicas, e até mesmo algumas picadas são suficientes para causar problemas. Um gato com coceira tende a se limpar demais, e remove muitas das pulgas adultas, dificultando encontrá-las.

Os gatos também podem sofrer de uma condição alérgica chamada atopia. Esta é uma alergia a substâncias inaláveis, tais como pólen e poeira. Acredita-se que a atopia seja hereditária, mas este fato ainda não foi comprovado.

A alergia alimentar é a terceira mais comum em nossos amigos felinos. Eles podem desenvolver intolerância a qualquer ingrediente que estejam acostumados a ingerir em sua dieta, tal como frango, peixe, milho ou trigo.

Diagnosticando alergia em gatos

O histórico de seu gato com irritação da pele, perda de pelo e feridas na pele especialmente ao redor do pescoço e ao longo das costas, vai fazer o seu veterinário suspeitar de algum tipo de alergia. Alguns gatos não mostram qualquer vermelhidão na pele, mas ao invés disso se lambem excessivamente, deixando pontos sem pelo.

Pode-se diagnosticar a alergia a pulga checando seu gato e verificando se há nele alguma pulga ou excremento delas. Também com o uso de produtos de tratamento confiáveis recomendados por um veterinário. Se a irritação da pele melhorar, então você saberá que as pulgas eram a causa do problema.

As alergias alimentares são um pouco mais complicadas. Como seu gato tornou-se sensível a algo que ele era acostuma a comer por um longo período. A única maneira de diagnosticar esta condição é alimentá-lo com algo que ele nunca comeu antes de oito a doze semanas. Se sua pele melhorar, então saberá que o problema é alimentar.

Para diagnosticar a atopia deve se descartar todas as outras causas de alergias, incluindo pulgas e alergia alimentar, ácaros e infecção. Esta condição também tende a ser sazonal e só ocorre em determinadas épocas do ano. Conforme seu gato envelhece, isso se torna um problema durante todo o ano.

Tratamento para alergias em gatos

Há realmente apenas duas maneiras de cuidar das alergias em gatos. A primeira é evitar o que está causando a reação, e a segunda é tratar o corpo do gato para eliminar a alergia.

A primeira opção funciona bem para pulgas e alergias alimentares, e seu veterinário deve prescrever uma dieta. No entanto, a aversão não funciona bem para a atopia. É improvável que você consiga manter seu gato em um ambiente livre de pólen e poeira, por isso você precisa tratá-lo para parar a reação alérgica.

Isto pode ser feito de várias maneiras. Medicamentos como anti-histamínicos ou corticoides podem reduzir as alergias e deixar seu gato muito mais confortável. Alguns medicamentos têm efeitos colaterais, então você precisa usá-los com a orientação do seu veterinário. Além dos efeitos colaterais, estas drogas não resolvem o problema subjacente, de modo que, quando a medicação for interrompida, a irritação da pele voltará.

A melhor maneira de tratar a atopia é identificar exatamente a que seu gato é alérgico com testes intradérmicos e, então, formular uma injeção de dessensibilização para ele. Ela contém quantidades muito pequenas das substâncias a que ele reage. Doses desta injeção deverão ser ministradas de forma regular, o que permitirá que o corpo do seu gato aprenda a tolerá-las. Até 80% dos gatos apresentam melhoras com a dessensibilização. Mas a alergia pode não ser resolvida completamente, por isso, outros tratamentos podem ser necessários de tempo em tempo.

Outras terapias que podem ajudar são xampus e condicionadores de aveia óleo de peixe, que contém ácidos graxos ômega e cremes contendo corticosteroides.

As alergias em gatos são tratadas, e não curadas. Juntamente com o seu veterinário, você pode trabalhar com um regime de tratamento que funcione bem para o seu gato. Ele será capaz de aproveitar a vida sem ser atormentado por irritações na pele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here