Como melhorar o tempo de inicialização no Windows 10

Edite sua lista de programas de inicialização para começar a trabalhar mais rapidamente.

O grande lance sobre tablets e smartphones é que eles inicializam rápido. Mas PCs? Não muito. O maior problema com os PCs é que a maioria de nós temos muitos programas que querem iniciar quando o computador é ligado. Muitos deles fazem isso por padrão, o que significa que nossos tempos de inicialização estão cheios de programas que querem estar prontos ao mesmo tempo.

Se o tempo de inicialização do seu novo, ou quase novo, PC com Windows tiver desacelerado até estar se arrastando, você é capaz de poder corrigi-lo com apenas uma pequena limpeza na casa.

Esta dica funcionará com o Windows 8.1, bem como com o Windows 10.

Para começar, clique com o botão direito do mouse no botão Iniciar no canto inferior esquerdo. Em seguida, a partir do menu que aparece selecione Gerenciador de Tarefas. Alternativamente, você pode apertar Ctrl + Shift + Esc, se preferir atalhos de teclado.

Com o Gerenciador de Tarefas aberto, selecione a guia Inicialização. Este é comando central para todos os programas que estão iniciando quando você inicializar o seu Windows. Se o seu computador é parecido com o meu, esta será uma lista longa.

Se você não encontrar a guia Inicialização – ou qualquer outra guia -, então você pode estar executando no modo simplificado. Na parte inferior da janela, clique na opção “Mais detalhes” e você deverá ver as guias.

Editando seus programas de inicialização.

A chave para mexer com os vários programas de inicialização é entender o que você precisa e o que você não precisa. Em geral, a maioria dos itens nesta lista pode ser desativada, mas você pode querer manter alguns em execução. Se você tem uma placa gráfica, por exemplo, é provavelmente uma boa ideia deixar qualquer software relacionado a ela em execução.

Você também não deve mexer com qualquer coisa que está ligada diretamente a outro hardware em seu PC – apenas por segurança.

Pessoalmente, eu deixo o Steam do videogame em execução para que eu possa rapidamente dar uma jogadinha quando eu tenho alguns minutos livres. Se você usar um serviço como Dropbox ou Google Drive, então isso é algo que você também não vai querer mexer.

Embora eu desative os dois porque a maioria da minha sincronização da nuvem vai para o OneDrive da Microsoft.

Antes de começar a desativar programas, é uma boa ideia dar uma olhada em toda a lista para ver o que está lá. A aba de inicialização possui quatro colunas: “Nome” (para o nome do programa), “Publicador” (a empresa que o criou), “Estado” (Ativado ou Desativado) e “Impacto de inicialização” (Nenhum, Baixo, Médio ou Alto).

Essa última coluna – Impacto de inicialização – é a mais importante. Procure por todos os programas que tenham uma classificação “Alta”, porque estes são os programas que requerem a maior parte dos recursos de computação no momento da inicialização. Em seguida na lista estão os programas classificados como “Médio” e depois “Baixo”.

Depois de ter uma lista dos programas que estão impactando a sua inicialização, é hora de começar a desativa-los. É neste momento que você pode estar pensando que realmente precisa de algum programa específico na inicialização. Confie em mim, na maioria das vezes você não precisa. Se você realmente precisar de algum programa, ele está sempre a apenas um clique de distância, de qualquer maneira.

Agora é hora de começar a trabalhar. Indo em um de cada vez, selecione cada programa que você não quer iniciar automaticamente. Em seguida, clique no botão “Desativar” no canto inferior direito da janela. Quando você terminar de desabilitar os programas de inicialização, basta fechar o Gerenciador de Tarefas.

O tempo de inicialização agora deve melhorar, dependendo de quantos programas você desativou.

Para lhe dar uma ideia do quão drástico pode ser, dos trinta programas e utilitários no meu PC que querem ligar na inicialização eu só permiti sete – e ainda assim me parecem muitos.

Se o seu PC ainda estiver lento para inicializar após a desativação de um monte de programas, você pode ter que procurar mais a fundo. É sempre uma boa ideia executar uma varredura antivírus apenas no caso de você ter um malware brincando com o seu sistema. Você também pode procurar desabilitar algum hardware que você não usa ou atualizar sua RAM.

Depois de tudo isso, se você ainda está desejando um tempo de inicialização mais rápido, tente trocar o disco rígido por uma unidade de estado sólido (SSD). Quando se trata de acelerar o seu PC nada faz uma diferença tão drástica como mudar para um SSD.

Antes disso, porém, confira seus programas de inicialização no Windows 10 para encontrar os programas ofensivos que estão o deixando devagar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here