Como Lidar com Divórcio e Filhos

0
245

 

Bem delicado esse assunto, o divórcio em si já não é muito fácil, quando os filhos estão envolvidos, principalmente as crianças, fica mais complicado ainda.

Se está passando por esse momento não deixe de conferir esse artigo, o assunto é delicado e precisa de muita atenção, por isso aprenda aqui o que você pode fazer e como lidar.

 

Para começar o assunto divórcio só deve ser divulgado assim que os pais tiverem certeza.

Nunca fale de divórcio sem antes ter certeza se realmente vai acontecer, você podem abalar o emocional das crianças sem motivo nenhum se nada acontecer.

Isso pode prejudicar demais o desenvolvimento deles. Assim que tiverem certeza sente e converse com as crianças, pode ter certeza que eles vão ficar chateados, vão chorar e culpar os pais, mas isso vai passar.

No primeiro momento será bem complicado lidar com essa situação, mas os pais devem mostrar que a decisão é a mais acertada. É claro que estamos falando aqui de crianças um pouco maiores, com cerca de 5 anos elas já vão conseguir entender mais, mas tudo deve ser conversado na linguagem deles. Ah! E não é preciso falar que agredir verbalmente e culpar uma das partes perto dos filhos é uma atitude inaceitável e vocês não podem fazer de forma alguma.

Assim que passar esse primeiro momento e as crianças já tiverem aceitando mais o assunto não deixe de levar a criança em um psicologo, é muito difícil saber como uma criança vai reagir nessas situações. Por isso é importante fazer algumas consultas com um psicologo, para ele ajudar nessa situação e evitar danos maiores, a atitude da criança pode mudar, ela pode adoecer e ficar mais frágil a doenças e alergias, entre muitas coisas.

Dicas para lidar com divórcio e crianças

Poupe os filhos do motivo e detalhes da separação, eles não precisam saber o que aconteceu, principalmente se for uma traição, isso pode fazer a criança evitar quem cometeu o adultério. Não deixe de conversar com a criança sobre assuntos importante, podem surgir muitas dúvidas como onde vão morar, o que vai mudar, como vai ser… Na primeira conversa conte tudo para os filhos.

Se ainda não tiver uma decisão certa de como vai acontecer dê a criança um pouco de segurança, mostre também a ela que nada foi culpa dela, isso é muito importante e essencial. Algumas coisas em consequência ao divórcio podem aparecer, o comportamento da criança pode mudar e os pais e até outras pessoas mais próximas como os avós e professores vão perceber alguns problemas.

Problemas que um divórcio pode causar em um filho

● Mais agitação;
● Medo;
● Agressividade;
● Prejuízo no rendimento escolar;
● Culpa;
● Baixa autoestima;
● Ansiedade;
● Instabilidade emocional, entre outros.

É por esses motivos que indicamos procurar um profissional para ajudar a criança a passar por essa fase. Uma dica muito importante e que deve fazer os pais ficarem atentos é a liberação demais por se sentir culpado, nessa época algumas crianças podem aproveitar e exigir presentes, não se dedicar na escola como deveria, entre outras coisas. Tente percebe e dar um limite para isso. Fizemos uma lista básica com mais dicas, veja:

● Sejam maduros ao lidar com esse assunto;
● Diga para a criança, sempre, que ela não tem culpa nenhuma e que o amor por ele continua o mesmo;
● Não recriminem os sentimentos de tristeza, os choros ou outras formas de expressar o que estão sentindo no momento, mas sempre monitore o comportamento;
● O melhor é optar pela guarda compartilhada;
● Converse com o ex quais as regras na casa, elas devem ser as mesmas;
● Se precisa tomar uma decisão que envolva a criança, não deixe de compartilhar um com o outro;
● Mantenha a rotina da criança e mude o mínimo possível.

Pode ter certeza que seguindo essas dicas esse momento será um pouco menos complicado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here